O vestibular chegou, e agora?

De repente, você chega ao Ensino Médio e se depara com o primeiro grande desafio da sua vida: o vestibular. Esse é um momento complexo para a maioria dos jovens, afinal, não é uma tarefa fácil escolher a profissão que irá seguir no futuro. No entanto, observando suas aptidões, seus gostos e seus anseios, é possível descobrir quais carreiras mais se encaixam no seu perfil, para, assim, fazer a melhor escolha.

Como descobrir a carreira certa pra mim?

Na hora de decidir qual a carreira ideal, uma boa estratégia é avaliar em quais disciplinas do colégio o aluno tem mais afinidade. Por exemplo, quem gosta de Matemática, pode se identificar com carreiras que necessitem de muitos cálculos, como Engenharia e Arquitetura. Já o estudante que tem interesse em Língua Portuguesa e Literatura, pode gostar mais de áreas como Letras e Jornalismo.

Da mesma forma, conhecer um pouco sobre as áreas que englobam as profissões, também, é um passo importante, já que cada uma delas possui características específicas que podem ser relevantes na hora de escolher uma profissão:

Área de Humanas:

As Ciências Humanas estudam o ser humano e usam dados estatísticos, observações e os relatos sociais para compreender melhor a sociedade, o homem e suas relações. Envolve questões  teóricas, como na Filosofia,  práticas, como no Jornalismo e Direito e, também, subjetivas, que é o caso das Artes. A Economia, também, faz parte desta área, pois, embora utilize números, está baseada nas necessidades humanas.

Outros exemplos de profissões dessa área são: Geografia, História, Relações Internacionais e Serviço Social.

Área de Exatas:

As Ciências Exatas reúnem carreiras que utilizam a Matemática e o raciocínio lógico para para chegar a solução de problemas e hipóteses.Tem como principais elementos de estudo a Matemática, Física, Química e o Raciocínio lógico.

Algumas das carreiras dessa área são: Engenharias, Ciência da Computação, Desenho Industrial, Sistemas de Informação, entre outros.

Área de Biológicas:

As Ciências Biológicas utilizam da experimentação e pesquisa para entender os seres vivos, sua origem, evolução, desenvolvimento e relação com o meio ambiente. É, também, a área que estuda questões de saúde. 

Cursos como Medicina, Enfermagem, Bioquímica e Veterinária fazem parte dessa área.

Teste vocacional:

Outro recurso que pode auxiliar na hora de decidir qual carreira seguir é o teste vocacional. Através de perguntas específicas, a ferramenta ajuda a verificar os níveis de interesse e a personalidade do candidato, assim como, avaliar suas aptidões e habilidades para uma determinada área.

Como devo me preparar para o vestibular?

Para garantir um bom resultado no vestibular, é necessário muita dedicação dos candidatos. Os conteúdos exigidos nos exames de admissão são muito extensos e abordam conhecimentos adquiridos ao longo do Ensino Médio. Por isso, é fundamental ter um cronograma de estudos para definir o que estudar, em qual dia e por quanto tempo para que nenhuma disciplina fique de fora.

Para a professora de Língua Portuguesa e Redação do Progressão Educação, Cristina Castanheira, manter-se atualizado, também, é essencial quando o objetivo é a aprovação em uma universidade: “É importante ler sobre várias assuntos, ver filmes, documentários, estar “por dentro” de tudo que se passa à sua volta. Estar conectado, fazer parte, pois isso o ajudará em Redação e nas questões que exijam interpretação, conhecimento de mundo e destreza na habilidade de pensar”. 

Investir numa rotina de treinamento, igualmente, é fundamental. Fazer muitos exercícios e resolver questões de provas anteriores ajudam o aluno a chegar mais preparado na hora da prova.

De olho no edital.

Outro ponto importante é conhecer o edital do concurso, afinal, é neste documento que são disponibilizadas informações fundamentais, como as matérias que serão cobradas, o calendário do concurso, os itens que podem ou não ser levados no dia do exame, entre outros.

Cuidado com a saúde emocional!

É importante, também, ter atenção à saúde emocional dos estudantes, pois este é um momento de definição e muita responsabilidade na vida dos jovens, o que pode gerar insegurança. Além disso, para a professora Castanheira, a maior dificuldade que os alunos podem encontrar na preparação para o vestibular é o medo e desânimo.  “Geralmente, eles acham que precisam ser “experts” em todas as matérias e, aliás, são muitas matérias e, se não houver organização, acumulam. Um segundo ponto são os próprios conflitos e crises da idade aliados a, muitas vezes, indecisão de tantas carreiras para escolher. Enfim, apoio familiar e dos professores, nessa etapa seria fundamental”, complementou.

Seguindo uma boa rotina de estudos e cuidando com carinho do seu emocional, o candidato conseguirá conquistar sua aprovação com sucesso. Para a professora Cristina, “o mais importante é acreditar e já se imaginar vivendo a vida de um estudantes universitário”.

As melhores universidades públicas do Brasil.

O Brasil possui inúmeras instituições de ensino superior renomadas e conhecidas pela sua excelência no ensino. No entanto, segundo o Ranking Universitário da Folha (RUF), avaliação anual do Ensino Superior, realizada pelo jornal Folha de São Paulo, a Universidade de São Paulo (USP) ocupa o primeiro lugar entre as universidades públicas e privadas do país, seguida pela Unicamp, na segunda posição e a UFRJ, em terceiro lugar. 

Confira as 10 primeiras do ranking:

  • 1º lugar: Universidade de São Paulo (USP) –  São Paulo
  • 2º lugar: Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) – São Paulo
  • 3º lugar: Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)  – Rio de Janeiro
  • 4º lugar: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) – Minas Gerais
  • 5º lugar: Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) – Rio Grande do Sul
  • 6º lugar: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) – São Paulo
  • 7º lugar: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – Santa Catarina
  • 8º lugar: Universidade Federal do Paraná (UFPR) – Paraná
  • 9º lugar: Universidade de Brasília (UNB) – Distrito Federal
  • 10º lugar: Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)- Pernambuco

O RUF classifica as universidades de acordo com 5 indicadores: pesquisa, internacionalização, inovação, mercado e ensino.

As carreiras mais escolhidas pelos universitários.

Ingressar na faculdade é o sonho de muito jovens e, por isso, os concursos de admissão ao ensino universitário são bastante concorridos. Nesse contexto, algumas carreiras de destacam por serem as mais escolhidas entre os estudantes. 

Segundo relatório divulgado pelo SISU, Sistema de Seleção Unificada, com base nas inscrições feitas por estudantes em 2020, Medicina lidera o ranking dos cursos mais procurados pelos candidatos, seguido por Direito e Administração.

Confira os 10 cursos mais concorridos do SISU 2020:

  1. Medicina: mais de 163 mil inscritos/ 4.882 vagas
  2. Direito: mais de 146 mil inscritos/ 6.900 vagas
  3. Administração: mais de 99 mil inscritos/ 9.134 vagas
  4. Enfermagem: mais de 71 mil inscritos/ 3.627 vagas
  5. Pedagogia: mais de 68 mil inscritos/ 9.389 vagas
  6. Psicologia: mais de 63 mil inscritos/ 2.374 vagas
  7. Educação Física: mais de 56 mil inscritos/ 5.030 vagas
  8. Medicina Veterinária: mais de 47 mil inscritos/ 2.539 vagas
  9. Engenharia Civil: mais de 46 mil inscritos/ 4.857 vagas
  10. Ciências Contábeis: mais de 45 mil inscritos/ 5.132 vagas

As profissões do futuro:

Conhecer as carreiras que estarão em alta no futuro é uma forma de se preparar para o mercado de trabalho que vem por aí. É normal que, com o tempo, novas profissões apareçam de acordo com as demandas da sociedade e as novas tecnologias. Ao mesmo tempo, há profissões tradicionais que permanecem sendo essenciais e se mantendo em alta.

Listamos algumas profissões que estarão em alta no futuro, de acordo com consultorias de recrutamento americanas, como a Robert Half, Michael Page e Hays.

  • Profissionais de Big Data
  • Engenheiro com foco em Agronegócio
  • Designer de Inovação
  • Tecnologia da Informação
  • Gestor de Resíduos
  • Médico
  • Marketing
  • Professor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *